Enem 2017 Acompanhar Inscrição

Como acompanhar Inscrições Enem 2017! Estamos cada vez mais próximos da abertura do período de inscrição do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgará o edital da próxima edição das provas no fim do mês de abril, confirmando as regras e datas oficiais de todas as etapas do Exame. A única maneira de se inscrever é via internet.

As provas do Enem são aplicadas uma vez ao ano, geralmente no fim de outubro ou início de novembro, em municípios de todos os Estados do Brasil. Ao todo, o Exame conta com uma redação de caráter dissertativo-argumentativo e 180 questões de múltipla escolha, divididas igualmente entre quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. As duas primeiras são aplicadas na tarde de um sábado e as duas últimas, junto da redação, no domingo.

O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado pelo Governo Federal no ano de 1998, como objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes que concluíam a educação básica. Em 2009, entretanto, as provas passaram por uma série de reformulações, tornando-se também um instrumento de seleção para vagas, bolsas e financiamentos de cursos técnicos e superiores. Desde então, o cronograma seguido ao longo das edições é praticamente o mesmo, com a abertura das inscrições na primeira quinzena do mês de maio.

Período de inscrições do Enem 2017

ACOMPANHAR INSCRIÇÃO ENEM 2017

Com base nas edições anteriores, mesmo sem o Inep ainda não ter divulgado o edital da próxima edição do Exame, é possível afirmar que o período de inscrições do Enem 2017 será aberto em maio, com duração de aproximadamente duas semanas completas. A expectativa é de que a abertura do prazo ocorra às 10h do dia 08/05/2017 e o encerramento se dê às 23h59min do dia 19/05/2016, seguindo sempre o horário oficial de Brasília/DF.

Ressaltamos, mais uma vez, que as datas são previsões baseadas nos cronogramas das edições dos últimos anos e com a lógica que o Inep costuma seguir. A confirmação só acontecerá após a publicação oficial do edital do Enem 2017, que deve ocorrer no fim de abril.

Onde e como acompanhar inscrição no Enem 2017?

Dentro do prazo determinado, o estudante interessado em acompanhar a inscrição no Enem 2017 deverá acessar a página oficial do Exame, no portal do Inep, disponível no endereço http://enem.inep.gov.br/participante. Inscrições efetuadas fora do período estipulado ou em outro meio além do site oficial, não serão validadas pela organização.

Ao se registrar, o candidato precisa informar obrigatoriamente um endereço de e-mail pessoal e válido, número de celular, documentos pessoais (RG e CPF), dados familiares, dados escolares, endereço residencial, além de escolher o município do local de prova do Enem 2017. É essencial que todas as informações sejam verdadeiras e preenchidas corretamente, visto que a organização entrará em contato sempre. Além disso, todos os dados também serão utilizados nos processos seletivos do MEC (Ministério da Educação) que o participante se inscrever.

Desta maneira, é imprescindível que o e-mail e o número de celular sejam atuais e que todos os dados escolares e socioeconômicos não fujam da realidade, pois podem ser exigidos no ProUni (Programa Universidade para Todos), Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica), programas que utilizarão as notas do Enem 2017 em seus processos de seleção.

Como indicar necessidade de atendimento especial no Enem 2017?

Os estudantes que possuem algum tipo de deficiência ou que necessitarão de algum cuidado especial nos dias de prova do Enem 2017 deverão, durante as inscrições, solicitar o atendimento especializado e/ou específico, indicando a necessidade. Desde a edição de 2016, o Inep também assegura atendimento pelo nome social ao candidato travesti ou transexual.

Conforme estabelece a organização, existe atendimento especializado a candidatos com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia, dentre outros.

Os atendimentos específicos são oferecidos a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas. Estes últimos são aqueles de religião que guardam o dia de sábado e só podem fazer as provas após o pôr do sol, devendo chegar aos locais de prova no mesmo horário de todos os demais participantes, aguardando o início de suas provas em salas especiais.

Taxa de inscrição e isenção Enem 2017

Se for mantido o valor cobrado em 2016, a taxa de participação será de R$ 68,00, com guia de pagamento gerada no ato das inscrições no site oficial. Candidatos de baixa renda podem pedir isenção no Enem 2017. Estudantes que concluíram todos os anos do ensino médio em escolas da rede pública são automaticamente isentos do pagamento.

Maiores informações sobre o Exame brasileiro estão em outros artigos publicados em nosso site. Continue nos visitando e curta a página do Enem 2017 no facebook para ficar por dentro de todas as novidades!

Edital do Enem 2017 tem divulgação Confirmada em Abril

Edital do Enem 2017 será publicado em Abril

Em breve teremos o início do período de Inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o edital será divulgado no início de abril. No edital os candidatos terão acesso a todas as informações acerca do Enem 2017: período de inscrições, taxa de inscrição, documentos necessários para se inscrever, atendimentos diferenciados, certificação de conclusão de ensino médio, cartão de confirmação de inscrição, local de prova, estrutura do Exame, orientações para realização das provas, correções, gabarito e resultado.

As inscrições tenham início no dia 08 de maio de 2017 e seguem até o dia 19 de maio de 2017. Nas últimas edições do Enem, as inscrições foram realizadas no mês de maio e as provas foram aplicadas na última semana de outubro (2013) e na primeira semana de novembro (2014).

A inscrição para o Enem 2017 deve ser feita exclusivamente via internet, no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/. No acesso, o candidato deve ter em mãos o número do CPF, RG, endereço de e-mail e endereço completo. É importante que ao cadastrar os dados pessoais, o candidato fique atento ao endereço, pois será no endereço cadastrado que os Correios efetuarão a entrega do cartão de confirmação da inscrição, que possuirá os dados da pessoa, a data, horário e local de aplicação das provas.

EDITAL ENEM 2017

Muito embora sejam esperadas modificações por parte do governo Temer, tudo indica que as informações básicas sobre o Enem devem permanecer com poucas alterações. A exceção diz respeito às mudanças já aprovadas na grade do ensino médio.

O valor da taxa de inscrição poderá sofrer modificações porém, se mantido, deve permanecer em torno 65,00 reais. Tudo indica que os estudantes de escolas públicas e aqueles que declararem carência ao se inscrever receberão isenção da taxa de inscrição do Enem 2017.

As provas serão aplicadas em dois dias (sábado e domingo). No primeiro dia serão realizadas as provas de Ciências Humanas e Suas Tecnologias e Ciências da Natureza e Suas Tecnologias, que abrangem as disciplinas de História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Química, Física e Biologia. A prova terá 4 horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia de provas, serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias, Matemática e Suas Tecnologias e a Redação, nas quais os candidatos serão avaliados nas disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física, Tecnologias da Informação e Comunicação. A prova terá 5 horas e 30 minutos de duração.

Nos dois dias de provas os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h (horário de Brasília), sendo recomendado aos candidatos cheguem até o meio dia, pois após o fechamento dos portões fica proibida a entrada de qualquer participante.

ENEM 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio, se você deseja participar das avaliações do ENEM este ano fique atendo ao período de inscrição que deve começar no mês de maio, mas os estudos já têm que começar com muita antecedência.

Inscrições

O período de inscrição deve ter duração de 12 dias e para efetuar a sua inscrição é preciso acessar o seguinte endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/, no período de terminado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

A inscrição é feita somente pela internet, a taxa de inscrição deve continuar sem alterações e o valor é de R$63,00 (sessenta e três reais) que deve ser quitado em qualquer agência do Banco do Brasil.

A isenção é automática para estudante que estejam concluindo o ensino médio em instituições de ensino da rede pública, mas os candidatos de baixa renda podem solicitar a isenção no momento da inscrição, efetuando a declaração de carência que é feita mediante o preenchimento de um formulário, o estudante que conseguir a isenção e não comparecer nos dias de prova perderá o benefício na próxima edição do ENEM.

Para fazer a inscrição é preciso ter algumas informações em mãos como o número do RG que é o documento de identidade, o CPF (Certificado de Pessoa Física) também é preciso ter um endereço de e-mail válido, se for o caso é preciso informar se necessita de atendimento especializado ou específico.

Muito estudantes participam do ENEM com o objetivo de obter o certificado de conclusão do ensino médio e para isso utiliza a nota do exame, mas é preciso informar esta pretensão no momento da inscrição, o candidato também deve informar a cidade do local de prova.

Para concluir a inscrição no ENEM o candidato deve preencher o questionário socioeconômico que é muito importante para que o Governo possa ter informações sobre a educação nacional e poder melhor onde for necessário.

Para mais informações, curta e compartilhe o Enem 2017 no Facebook.

Fim do Enem? O Exame vai acabar?

Enem 2017: Fim do Enem? O Enem vai acabar? Não. Não existem indícios de que o principal teste de conhecimentos do país vai acabar. A pergunta tem sim feita por pais, estudantes e professores em todo o Brasil, isto porque no dia 23 de setembro foi publicado no Diário Oficial da União o texto da Medida Provisória 746 que propõe a reforma do atual modelo do ensino médio oferecido pelas escolas da rede pública e privada do país.

O Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, foi instituído pelo Governo Federal com o objetivo principal de coletar dados para avaliar o nível do ensino oferecido pelas escolas da rede pública para os alunos do ensino médio (na época conhecido como curso do 2º Grau). Porém pensando em promover e facilitar o acesso ao ensino superior o Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação – MEC, criou programas como o SISU – Sistema de Seleção Unificada, ProUni – Programa Universidade para Todos e o Fies – Fundo de Financiamento Estudantil. Com isso, o Enem passou a ser cada vez mais procurado por estudantes e também por quem já concluiu o ensino médio, como opção de ingresso ao ensino superior.

O atual formato do Enem engloba todas as matérias que o estudante aprende durante o ensino médio, dividias por temas em provas de conhecimentos (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Códigos e Matemática) e uma prova de Redação. Uma reforma no ensino médio afetará diretamente o atual modelo do Enem. Porém não se pode afirmar que isso causará o fim de uma iniciativa tão bem sucedida. Aliás, em momento algum o MEC demonstrou sinais de que o Enem vai acabar.

Entenda como a proposta do ensino médio pode afetar o Enem

VAI ACABAR FIM DO ENEM

O texto da Reforma do Ensino Médio propõe que a atual grade curricular obrigatória do curso que atualmente é composta por 13 disciplinas seja drasticamente reduzida. Seriam obrigatórias apenas as matérias de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Formação Técnica Profissional. Vale lembrar que está grade curricular seria obrigatória apenas na primeira metade do curso, já na segunda metade o estudante teria a liberdade de escolher quais as matérias deveria estudar para concluir o ensino médio. A reforma assemelha-se com o modelo de ensino oferecido na Inglaterra.

A diminuição das matérias da grade curricular obrigatória e a possibilidade de escolha do que estudar na metade final do ensino médio poderia afetar o Enem da seguinte forma: Todos em uma primeira etapa realizariam uma mesma prova com questões elaboradas com base na grade curricular proposta. Já a segunda etapa os estudantes realizariam uma prova especifica, com matérias ligadas diretamente a área profissional em que desejam atuar. Estudantes que pretendem cursar medicina, responderiam a uma prova com questões ligadas as matérias de ciências, matemática, biologia, química, etc.

Por enquanto são apenas hipóteses, o que não nos permite concluir que o Enem será extinto, já que após aprovação da proposta de Reforma do Ensino Médio, o texto deva ser amplamente discutido por professores e estudantes.

Enem 2017

A Reforma do Ensino Médio não afetará o atual modelo das provas do Enem. Ou seja, teremos um teste composto por quatro provas de conhecimentos e uma redação. O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, autarquia não governamental responsável por elaborar e aplicar as provas do Exame depende do que será aprovado na Base Nacional Comum Curricular, que será reavaliada em seminários estaduais e depois discutida pelo Conselho Nacional de Educação – CNE. Todo este processo deve terminar segundo expectativas apenas no final de 2017.

As inscrições para quem deseja participar do Enem 2017 devem ser abertas no primeiro no primeiro semestre do ano e poderão ser feitas apenas na internet através do endereço eletrônico http://enem.inep.gov/. As provas devem ser aplicadas entre os meses de setembro e outubro, com datas ainda a serem divulgadas no Edital do Exame.

O Enem vai continuar a existir, no entanto o seu formato deve ser alterado de acordo a Reforma do Ensino Médio. Estaremos atentos a todas as novidades que giram em torno do Enem 2017. Para saber mais acesse a página de notícias do Enem no Facebook, curta e compartilhe com os amigos.

Recuperar Senha do Enem 2017

Como recuperar senha do Enem 2017? No mês de maio próximo será oficialmente aberto o período de inscrições do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. Ao se inscrever, além de receber um número de inscrição pessoal, cada participante precisa cadastrar uma senha particular, que é utilizada em todos os acessos ao site oficial e às páginas de outros programas do Ministério da Educação (MEC) que utilizam o Enem em seus processos seletivos. Muitos, entretanto, se esquecem da senha logo depois que criam. A recuperação é simples e feita exclusivamente via internet.

Além de ser utilizada no acompanhamento de inscrição do Enem 2017, a senha também será requerida quando o participante precisar acessar o seu resultado individual, no próprio site oficial do Exame. Além disso, também é preciso utilizá-la nas inscrições para os programas do MEC que oferecem bolsas de estudo em faculdades particulares e vagas em universidades e institutos federais: ProUni (Programa Universidade para Todos), Sisu (Sistema de Financiamento Estudantil), e Sisutec (Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica).

Recuperar senha do Enem 2017: passo a passo

Como qualquer senha pessoal, é aconselhável que os estudantes guardem os dados logo após cadastrá-los, para evitar futuros transtornos. No entanto, recuperar a senha do Enem 2017 não é uma tarefa difícil. Basta seguir os seguintes passos para efetuar a recuperação:

    Recuperar Senha do Enem 2017

  1. Acessar a página do participante: A primeira coisa a ser feita é acessar a página do participante, no site oficial, disponível no endereço http://enem.inep.gov.br/;
  2. Clicar no link de apoio: Na página, abaixo dos campos de preenchimento, no canto inferior direito, deve-se clicar no link de apoio “Esqueci minha senha”;
  3. Informar dados pessoais: Clicando no link de apoio, uma nova página será aberta. Nela, é necessário informar nos respectivos campos os seguintes dados pessoais: CPF (Cadastro de Pessoa Física), data de nascimento, nome da mãe (caso tenha cadastrado), Estado e município de residência;
  4. Cadastrar nova senha: Na mesma página, os dois últimos campos são justamente os de “Nova senha” e “Confirmar senha”. No primeiro, o estudante deve cadastrar os novos caracteres secretos, repetindo todos no segundo;
  5. Confirmar alteração de senha: Preenchidos todos os campos corretamente, a alteração deverá ser confirmada no link “Confirmar”, disponível no centro inferior da página.

Pronto! A partir de agora, em todos os acessos deverá ser informada a nova combinação de caracteres. Ao repetir a senha no campo “Confirmar senha”, fique atento à função Caps Lock de seu teclado, que pode estar ativada, deixando as letras em maiúsculo. O sistema exige um mínimo de 6 e máximo de 10 caracteres. A senha pode conter apenas números e letras, com distinção entre maiúsculas e minúsculas.

Período de inscrição e data das provas do Enem 2017

O período de inscrições do Enem 2017 será confirmado somente após o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) publicar o edital da próxima edição do Exame. Entretanto, com base nos cronogramas das edições anteriores, espera-se que o edital seja publicado no fim de abril e que as inscrições aconteçam em meados de maio.

A data das provas do Enem 2017 também será confirmada em edital, mas a expectativa é de que o Exame seja aplicado no último fim de semana de outubro ou no primeiro de novembro. Os estudantes terão que resolver 180 questões de múltipla escolha, além de desenvolver uma redação de caráter dissertativo-argumentativo.

As questões do Enem 2017 serão divididas igualmente entre quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. As duas primeiras serão aplicadas no sábado e as duas últimas no domingo, junto da redação.

O tempo de duração das provas será de 04h30min no sábado e 05h30min no domingo. Os portões de cada local de prova do Enem 2017 serão abertos ao meio dia e fechados às 13h, pontualmente. As provas terão início às 13h30min, em ambos os dias. Em qualquer lugar do país será levado em conta o horário oficial de Brasília/DF.

Gabarito e resultado do Enem 2017: qual a data de publicação?

O gabarito do Enem 2017 será publicado pelo Inep na quarta-feira da semana seguinte às provas. As respostas de todas as cores dos cadernos de questões serão publicadas no site oficial do Instituto e não serão requeridos número de inscrição, CPF e/ou senha no acesso. Quem não aguentar esperar e preferir conferir as respostas com o gabarito extraoficial, basta acessar nosso site logo após sair das provas, tanto no sábado quanto no domingo. Professores especializados em cada área resolverão as provas e anteciparemos a divulgação das respostas.

A data de publicação do resultado individual do Enem 2017 não é divulgada com antecedência. O Inep, entretanto, costuma publicar as notas no início de janeiro, visto que os processos de seleção de seus programas abrem no primeiro mês do ano.

Curta a página do Enem 2017 no facebook e acompanhe todas as nossas atualizações!

Assuntos que caem no Enem 2017

Quais assuntos que caem no Enem 2017? Os estudantes que vão participar das provas no próximo ano precisam ficar por dentro de todas as matérias do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. O conteúdo é muito abrangente e, por isso, requer uma preparação longa e detalhada de quem deseja alcançar bons resultados. Ao todo, são 180 questões de múltipla escolha e uma redação de caráter dissertativo-argumentativo, com aplicações no sábado e domingo.

As provas do Enem 2017, assim como vem acontecendo desde 2009, serão divididas em quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. Cada uma das áreas conta com 45 questões objetivas, com cinco alternativas cada (A – E).

Quais as matérias do Enem 2017?

Em termos gerais, as matérias do Enem 2017 serão todas aquelas estudadas ao longo dos três anos do ensino médio, divididas entre as áreas de conhecimento da seguinte maneira:

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia;

Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia, Sociologia e conhecimentos gerais;

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Texto), Língua Estrangeira Moderna, Literatura, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação;

Matemática e suas Tecnologias: Matemática do ensino médio.

Assuntos que caem no Enem 2017

No primeiro dia de aplicação do Exame (sábado) serão abordadas as 90 questões das duas primeiras áreas de conhecimento, em um tempo máximo de 04h30min. No segundo dia (domingo), serão aplicadas as provas das outras duas áreas de conhecimento, além da redação do Enem 2017. Por isso, o tempo sofrerá um acréscimo de uma hora, contabilizando um total máximo de 05h30min.

Cada matéria terá questões com diferentes níveis de dificuldade: baixo, médio e alto. A correção das provas do Enem 2017 levará em conta tais níveis, além do número de acertos. Quem chutar muitas questões, acertando mais perguntas difíceis do que fáceis, por exemplo, será mais penalizado do que aqueles que apresentarem uma resolução mais consistente, com uma maior quantidade de acertos nas fáceis do que nas difíceis.

Matriz de referência Enem 2017: Quais assuntos serão cobrados nas provas?

O Exame Nacional do Ensino Médio é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), uma autarquia ligada ao Ministério da Educação (MEC). O Inep, por sua vez, possui um documento conhecido como matriz de referência do Enem 2017, acessível neste link, que descreve os eixos cognitivos das áreas de conhecimento e as competências abordadas em cada uma delas.

Em Linguagens, por exemplo, as competências exigem a aplicação das tecnologias da comunicação e da informática, conhecimento e uso de línguas estrangeiras modernas (inglês e espanhol), compreensão e utilização da linguagem corporal e da arte, análise e interpretação de recursos expressivos das linguagens, compreensão e utilização dos sistemas simbólicos, confronto de opiniões, língua portuguesa como língua materna e impacto das tecnologias da comunicação e da informação na vida pessoal e social.

Na área de Matemática do Enem 2017, serão cobrados números naturais, inteiros, racionais, reais, conhecimento geométrico, grandezas, medidas, variáveis socioeconômicas e técnico-científicas, interpretação de gráficos e tabelas, além de amostras de cálculos e probabilidade.

As áreas de Ciências da Natureza e Ciências Humanas abordam, em geral, conhecimentos sobre as respectivas ciências, variando de química e biologia até história e geografia. Os detalhes de cada uma das áreas são abordados por completo na matriz de referência.

Tema da redação do Enem 2017: como é feita a escolha?

O tema da redação do Enem 2017 será mantido em sigilo total até o momento de aplicação das provas do domingo. Geralmente, a organização escolhe um assunto do cotidiano recente. Desta maneira, é essencial acompanhar os noticiários através da televisão, jornais, rádios, revistas e internet.

Na redação dissertativa, o estudante precisa demonstrar conhecimento sobre o assunto em questão, apontando as causas e consequências dos eventuais problemas abordados. Além disso, é necessário propor soluções e alternativas para a correção do assunto. Por tudo isso, sai na frente dos concorrentes aquele estudante que, além de ficar antenado às notícias cotidianas, pratica o desenvolvimento de dissertações com os assuntos mais relevantes.

Apostila Enem 2017: melhor material de estudos para as provas

Para se preparar da melhor maneira e mandar bem nas provas, é indispensável a escolha de um bom material de estudos. Sabendo disso, desenvolvemos a apostila do Enem 2017, com tudo o que você precisa, abordado de uma forma bem simples e direta todos os assuntos do Exame. Milhares de estudantes de todo o país foram aprovados em processos seletivos de cursos superiores graças ao apoio da apostila. Não perca tempo e adquira logo a sua!

Acompanhe a página do Enem 2017 no facebook e fique por dentro de todas as novidades que compartilhamos!

Pokémon GO no Enem 2017

Como o jogo pode ser útil para quem vai realizar as provas do Enem 2017

Pokémon GO no Enem 2017: O jogo que se tornou febre mundial finalmente chegou no Brasil. Pokémon GO, o jogo virtual baseado no mangá japonês com o mesmo nome consiste em capturar os famosos monstrinhos utilizando smartfhones atraves do aplicativo gratuito que pode ser baixado em lojas virtuais para os sistemas android e IOS.

O jogo que consiste na chamada realidade aumentada foi desenvolvidos em conjunto pelas empresas Niantic, Inc e Nintendo, permite aos jogadores capturarem os Pokémons por vários pontos da cidade. Diferente da realidade virtual, a realidade aumentada utilizada no Pokémon GO mistura elementos do mundo real com os monstrinhos virtualmente criados pelo aplicativo.

Com todo este sucesso não será incomum que o jogo Pokémon GO venha a ser discutido em questões e até mesmo tema de redação do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2017. Isto porque o mundo digital esta cada vez mais presente em nosso cotidiano.

O Enem é uma prova de conhecimentos com questões que abordam o conhecimento que o estudante adquiriu durante o ensino médio. Ao todo são 180 questões de múltipla escolha e uma prova de redação. As notas do Enem 2017 serão usadas nos processos seletivos de programas que podem fazer com que o estudante ingresse em instituições privadas de ensino superior, através de vagas, bolsas de estudos e financiamento estudantil.

Pokemon Go Enem 2017

Jogar Pokémon GO pode ser útil para o estudante que vai fazer sua inscrição Enem 2017, pois mesmo em um breve momento de lazer, o estudante poderá estar de maneira direta realizando a preparação para as provas do Enem enquanto joga. Mas quais matérias do Enem podem ter relação direta com a realidade aumentada do Pokémon GO?

Pockemon Go Enem 2017

Matemática e suas Tecnologias. O jogo Pokémon GO foi lançado oficialmente no dia 5 de julho. Mesmo sendo lançado apenas em três países, (EUA, Austrália e Nova Zelândia), o jogo fez com que as ações da Nintendo, uma das empresas desenvolvedoras aumentassem em bilhões de dólares. Neste ponto o candidato pode obter lições de finanças, gráficos e cálculos, matemática pura e aplicada.

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Pokémon GO é um jogo de imagens, e apesar de já ter sido oficialmente lançado no Brasil sua interface, menus e layouts são totalmente em inglês. Com isto os candidatos podem treinar para a prova de língua estrangeira do Enem 2017.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Para capturar os monstrinhos virtuais de Pokémon GO o candidato do Enem 2017 terá que percorrer diversos tipos te terrenos o que vai ajudar com se familiarizar-se com solos e vegetações diferentes.

Podemos pensar também que a realidade aumentada utilizada em Pokemon GO é uma tecnologia que está começando a ser explorada. Suas aplicações futuras no campo da educação podem ser diversas. No Enem, por exemplo, já foi cogitada pelo Ministério da Educação (MEC) a substituição das provas impressas em papel por provas virtuais, onde os estudantes responderiam as questões em terminais de computadores.

Enem e o mundo digital

Não seria a primeira vez que o mundo digital fosse tema das provas do Enem. Na verdade isso já acontece há algum tempo, pois o Exame conta com questões de informática e comunicação. Outro ponto é que vivemos em um mundo globalizado, que necessita das redes de computadores. E o jogo Pokemon GO utiliza diretamente a internet.

No Enem o contato com o mundo digital começa logo no momento em que o estudante se inscreve para realizar as provas do Exame. As inscrições para participar do Enem 2017 poderão ser realizadas apenas através do endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br.

Tema da redação do Enem 2017 pode ser relacionado a Pokémon GO

Existem diversos temas relacionados ao jogo de realidade aumentada Pokémon Go que podem vir a ser abordados na prova de redação do Enem 2017.Não é difícil pensarmos em temas como “A relação do mundo real com o mundo virtual”, ou “O surgimento de novas tecnologias”, temos também “Os perigos reais em um mundo virtual”.

Poderíamos citar muitos assuntos a serem observados como possíveis temas da redação do Enem 2017 baseados no jogo Pokémon GO. Mas a dica para quem vai realizar as provas do Exame é a de que fiquem atentos a todos os assuntos que tem relevância no comportamento social, e com certeza o Pokémon Go é um destes assuntos.

Não deixe de visitar a pagina do Enem 2017 no Facebook, curta e compartilhe!

Como consultar o resultado do Enem 2017

Como consultar o Resultado Enem 2017: Assim que publicou o edital da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) confirmou que as provas serão aplicadas no primeiro final de semana de novembro, nos dias 05 e 06. No documento, também foi informado o dia de publicação do gabarito oficial. A data de divulgação dos resultados individuais, entretanto, ainda não foi confirmada, mas a previsão é de que as notas saiam no início de janeiro de 2017.

O Enem 2017 será constituído por 180 questões de múltipla escolha e uma redação de caráter dissertativo-argumentativo, cujo tema será conhecido apenas no momento de aplicação das provas do segundo dia. As questões serão divididas em igual número entre quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. As duas primeiras serão aplicadas no sábado e as duas últimas no domingo, junto da redação.

Quando será divulgado o resultado do Enem 2017? Apesar de estabelecer em edital a data de publicação do gabarito oficial, o Inep não informou quando divulgará as notas do Enem 2017. O Instituto justifica que é impossível determinar um dia exato, diante da quantidade de provas que devem analisadas e, principalmente, pela complexidade na correção das redações. Entretanto, com base no cronograma das edições anteriores, já é possível afirmar que divulgação acontecerá na primeira quinzena de janeiro de 2017.

Como Consultar Resultado Enem 2017

Como será realizada a correção das provas do Enem 2017?

Para consultar o resultado individual do Enem 2017, o estudante precisa acessar a página do participante, disponível no seguinte endereço dentro portal do Inep: http://enem.inep.gov.br/participante. No acesso, será exigido o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha. Quem não se lembrar e necessitar recuperar a senha do Enem 2017, deverá clicar na opção “Esqueci minha senha”, disponível no canto direito inferior da tela.

Seguindo todos os passos corretamente, uma nova página será carregada. Nela, as notas estarão separadas por área de conhecimento e pela redação. Na mesma página haverá a situação do candidato nos dias de prova, se presente ou ausente.

As questões objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio são corrigidas por meio da Teria de Resposta ao Item (TRI). A metodologia de correção não estabelece a nota com base no número de acertos, mas avalia a qualidade das respostas. Isso é possível porque as perguntas recebem pesos diferentes, de acordo com o grau de dificuldade.

Para entender melhor, imagine que dois estudantes tenham acertado a mesma quantidade de questões: 100 das 180. O primeiro, por sua vez, acertou a maioria das questões fáceis e errou em maior número as difíceis. O segundo, ao contrário, acertou mais questões difíceis do que fáceis. Desta forma, por ter apresentado melhor qualidade nas respostas, seguindo a lógica da TRI, a nota maior será atribuída ao primeiro candidato.

Como consultar o gabarito do Enem 2017?

Conforme trouxe em edital, o Inep divulgará o gabarito oficial do Enem 2017 no terceiro dia útil após a aplicação do Exame. Portanto, como o último dia de aplicação das provas será domingo, 06 de novembro, as respostas oficiais estarão disponíveis para consulta a partir da quarta-feira seguinte, dia 09 do mesmo mês, no site oficial do Instituto.

Todos os estudantes que forem conferir as respostas deverão ficar atentos a duas coisas: dia do Exame (sábado ou domingo) e cor do caderno de provas. Em cada dia haverá quatro cores diferentes. Apesar das questões serem as mesmas, a ordem das perguntas e respostas variam de uma cor para outra, daí a importância de ter atenção antes da correção.

Aqueles participantes mais ansiosos, que não aguentarem esperar até quarta-feira para conferir o as respostas com o gabarito oficial, poderão corrigir suas provas assim que chegarem em casa, pois divulgaremos o gabarito do Enem 2017 extraoficial aqui em nosso site logo após o término das provas, tanto no sábado quanto no domingo. Os resultados serão idênticos ao do Inep, pois as resoluções serão realizadas por professores especialistas em cada área de conhecimento.

Quem mandar bem nas provas terá grandes chances de conseguir vagas em cursos de universidades federais, institutos federais, bolsas e financiamento de cursos em faculdades particulares, por meio de programas do Ministério da Educação (MEC) que utilizam a nota do Enem como critério em seus processos de seleção: Sisu, Sisutec, ProUni e/ou Fies.

Para maiores informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio, leia mais artigos em nosso site, continue nos visitando e curta a página do Enem 2017 no facebook!

Fiscal do Enem 2017

Fiscal do Enem 2017: Milhares de estudantes em todo Brasil se inscreveram para realizar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2017. As provas são realizadas por quem pretende ingressar no ensino superior através do SISU, ProUni ou Fies. A partir deste ano 2017, o Enem não dará mais certificação do 2° grau, para esse fim será utilizado o ENCCEJA. Todavia, ainda é possível que estudantes que ainda não concluíram o ensino médio realizem as provas do Enem 2017 apenas para testar seus conhecimentos, os treineiros.

O Ministério da Educação (MEC) é o órgão responsável pela realização do Enem 2017 é delega ao INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) a responsabilidade de elaborar e aplicar as provas do Exame.

Fiscal do Enem 2017

As provas do Enem 2017 serão aplicadas em todas as regiões do país. A logística para a aplicação exige que sejam contratos funcionários temporários para aplicar as provas e fiscalizar os estudantes durante os períodos de aplicação. Por este motivo serão contratos Fiscais e Aplicadores das provas do Enem 2017.

O que fazer para ser Fiscal de provas do Enem 2017

Universidades Federais recebem são órgão que recebem as inscrições de quem pretende ser fiscal de prova do Enem 2017. Interessados devem procurar estas instituições no mínimo 40 dias antes da aplicação das provas munidos de documentos pessoais como Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de identidade (RG).

Além do apoio das Universidades Federais, a Fundação CESGRANRIO bem como outras instituições a serem definidas receberão do INEP a atribuição de contratar pessoas para atuarem como fiscais de prova do Enem 2017. Os interessados devem acessar os endereços eletrônicos das respectivas instituições e realizar um cadastro de alocação de colaboradores. É necessário que sejam informados dados pessoais (CPF e RG) e endereço de e-mail para contato.

Atribuições dos Fiscal de provas no Enem 2017

As pessoas contratadas para trabalhar como fiscais de provas do Enem 2017 vão exercer as seguintes funções:

Chefe de sala. É o responsável pelo processo de aplicação das provas. Cabe ao chefe de sala:

  • Registrar os acontecimentos na Ata da sala;
  • Distribuir e Receber os Cadernos de Questões;
  • Identificação dos participantes e preencher a lista de presença e colher as assinaturas;
  • Dar os avisos necessários aos participantes, como hora de início e termino e tempo decorrido durante a aplicação das provas.

Até as últimas edições, o Chefe de Sala irá receber algo em torno de R$200 por cada dia de aplicação das provas do Enem 2017. Para esta edição os valores serão redefinidos.

Aplicador. É o responsável por auxiliar o chefe de sala. São funções do aplicador:

  • Organizar a sala onde serão aplicadas as provas;
  • Conferir o material;
  • Recepcionar e identificar os participantes de acordo a lista e documentos de identificação;
  • Solicitar que os participantes guardem os materiais no porta- objeto e verificar se o porta-objeto foi devidamente lacrado;
  • Auxiliar o Chefe de Sala na distribuição dos Cadernos de Questões;
  • Fiscalizar os participantes durante a realização das provas do Enem.

O aplicador, até as últimas edições, recebia aproximadamente R$150 por dia trabalhado. Novamente estes valores serão ajustados e redefinidos para esta edição.

Em cada uma das salas onde serão aplicadas as provas do Enem 2017 haverá um chefe de Sala e dois aplicadores. Haverá também fiscais nos corredores e nas instalações sanitárias dos locais de aplicação de provas do Enem 2017.

Além dos fiscais de prova devem ser contratados também para auxiliar a realização do Enem 2017 o pessoal de apoio que são os porteiros, seguranças, auxiliares de limpeza, etc. Contratados como pessoal de apoio devem receber aproximadamente R$120 por dia trabalhado.

O pagamento dos colaboradores que vão trabalhar como fiscais de provas e apoiadores no Enem 2017 serão realizados através do Banco do Brasil. Aqueles que possuem conta na instituição financeira vão ter o valor debitado em conta. Já os que não possuem receberão através de ordem de pagamento. Estes devem ir a qualquer agencia do Banco do Brasil e apresentar documento de identificação. O prazo para o pagamento ser realizado deve ser de aproximadamente um mês após a aplicação das provas do Enem 2017.

Mais informações de como ser um Fiscal de Provas estão disponíveis na página do Enem 2017 no Facebook, curta e compartilhe!

Inscrições Enem 2017 começam em maio

Inscrições Enem 2017 começam em maio: Acontecem no mês de maio as inscrições para participar do maior teste de conhecimentos do Brasil o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2017. O Exame é realizado por estudantes que estão concluindo o ensino médio e pretendem após a conclusão continuar seus estudos em instituições de ensino superior. As notas do Enem 2017 são utilizadas nos processos seletivos do SISU, Prouni e Fies programas do Ministério da Educação (MEC) que promovem o ingresso ao ensino superior.

Inscrições Enem 2017 começam em maio

As notas do Enem são utilizadas pelo MEC para compor a avaliação de medição do ensino médio, subsidiar a implementação de políticas públicas, referenciar o aperfeiçoamento dos currículos do ensino médio, desenvolver estudos e indicadores sobre a educação brasileira. Através das notas do Enem 2017 o participante que não concluiu o ensino médio pode solicitar o Certificado de Conclusão do Ensino Médio, desde que seja maior de 18 anos e obtenha média mínima de 450 pontos nas provas de conhecimentos e mínimo de 500 pontos na prova de redação.

As inscrições para participar do Enem 2017 podem ser feitas apenas na internet onde o estudante ou participante deve acessar o endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/ e informar um endereço de e-mail válido (apenas um endereço de e-mail por inscrição) além de informações pessoais como número do Cadastro de Pessoa Física e documento de identidade.

Taxa de inscrição do Enem 2017

A taxa de inscrição do Enem 2017 é de R$68,00 (sessenta e oito reais) e deve ser paga através de boleto bancário em casas lotéricas, agências dos Correios e nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. São isentos do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2017 os estudantes matriculados em escolas públicas que estão cursando o último ano do ensino médio.

É possível também conseguir a isenção do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2017, para isso o participante deve declarar carência socioeconômica. Apenas durante o período de inscrições é possível solicitar o pedido de isenção através do preenchimento de um questionário com perguntas a respeito da situação econômica da família do participante.

Vale lembrar que participantes não isentos do pagamento da taxa de inscrição que não realizarem o pagamento até a data limite não vão ter a inscrição confirmada e logo não poderão participar do Enem 2017. E os participantes isentos do pagamento através de declaração de carência que não comparecerem em algum dos dias de aplicação das provas perderão esse direito na próxima edição do Exame.

Estrutura das provas do Enem 2017

O Enem é um teste de conhecimentos composto por 4 provas de conhecimentos e uma prova de redação. Cada prova contém 45 questões totalizando 180 questões. Todas as questões das provas do Enem 2017 são de múltipla escolha. Além das provas, os participantes do Enem 2017 devem realizar uma redação construindo um texto dissertativo argumentativo. Os temas anteriores das redações do Enem sempre abordaram assuntos com relevância social em destaque no Brasil e no mundo.

O INEP ( Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão não governamental responsável pela organização, elaboração e aplicação das provas do Enem 2017 divide as matérias escolares do Exame de acordo ao Tema. No primeiro dia são aplicadas as provas de:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia);
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias ( Química, Física e Biologia).

Já no segundo dia são aplicadas as provas de:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias ( Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física, Informática e Comunicação);
  • Matemática e suas Tecnologias (Matemática).

No primeiro dia os participantes terão 4h30min para resolver as questões. E no segundo terão 5h30min, uma hora a mais, pois neste dia deve ser realizada a redação.

Cartão de Confirmação de Inscrição do Enem 2017

No Cartão de Confirmação da Inscrição são informados o número de inscrição, data, hora de aplicação e local das provas do Enem 2017. É informada a opção de língua estrangeira (Inglês ou Espanhol) e se for o caso a necessidade de atendimento especial ou especializado.

Para ter acesso ao Cartão de Confirmação da Inscrição do Enem 2017 os participantes devem acessar o site do INEP. O documento será disponibilizado para download e impressão.

Apostila Enem 2017

Turbine sua preparação para as provas estudando com a apostila do Enem 2017. Para comprar a sua basta clicar no link e sua Apostila será enviada para qualquer região do Brasil. Não perca mais tempo e compre agora mesmo a sua.

Para mais informações visite a página do Enem 2017 no Facebook, curta e compartilhe com os amigos!

Como ser fiscal do Enem

Como ser fiscal do Enem? Milhões de estudantes de todo o Brasil participam anualmente das provas do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio. O teste é aplicado em milhares de municípios de todas as unidades federativas do país. Além dos participantes, outro grande número de pessoas sempre manifesta interesse em trabalhar na aplicação das provas visando, principalmente, a contribuição financeira oferecida pela organização.

O Exame Nacional do Ensino Médio é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), uma autarquia do Governo Federal ligada ao Ministério da Educação (MEC). O Inep é responsável por organizar o edital com todas as regras e datas oficiais do Exame, bem como trabalhar na elaboração das provas, divulgação dos resultados e recrutamento dos colaboradores do Enem.

Quem pode trabalhar de fiscal no Enem?

Como ser fiscal do Enem

O perfil das pessoas que trabalham de fiscal do Enem está sempre relacionado ao meio acadêmico e ao nível de experiência dos interessados. A grande maioria dos colaboradores possuem vínculos com universidades, institutos ou faculdades, sendo esses professores, secretários, técnicos e até mesmo alunos. Quem já trabalhou com a aplicação não só do Exame, como de outros concursos e provas, também costuma se dar bem na seleção.

A organização do Enem costuma dar preferência aos voluntários que já trabalharam nas edições anteriores do Exame e demonstram em prestar serviço na edição corrente, visto que é necessário treinamento para capacitação dos envolvidos. As inscrições para colaboradores acontecem nos meses que antecedem as provas.

Como se inscrever para fiscal do Enem?

As inscrições para fiscal do Enem podem ser feitas através de mais de uma maneira, seja presencialmente ou via internet. A inscrição presencial é realizada nas próprias universidades que recebem as provas. Estas, por sua vez, costumam divulgar a notícia apenas internamente e fazem, no máximo, publicação em seus sites oficiais. Geralmente, os funcionários e estudantes das próprias instituições se inscrevem primeiro devido ao privilégio da divulgação.

Entretanto, também é possível fazer inscrição para fiscal do Enem via internet, nos sites de duas instituições que auxiliam o Inep na realização do Exame: Fundação CESGRANRIO (Centro de Seleção de Candidatos ao Ensino Superior do Grande Rio) e outras instituições a serem definidas pelo INEP.

A CESGRANRIO possui o Sistema de Alocação de Colaboradores (SAC), por meio do qual os interessados em trabalhar no Enem devem se inscrever informando o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e endereço de e-mail válido. O cadastro pode ser feito em qualquer período do ano e não é exclusivo à aplicação do Exame, visto que é aberto a quaisquer outras avaliações e concursos que são aplicados.

As duas instituições e o próprio Inep ainda divulgarão informações detalhadas sobre o processo seletivo de fiscal do Enem. Isto geralmente ocorre nos dois últimos meses antes das provas. A expectativa é de que o Exame deste ano seja aplicado no último final de semana de outubro ou no primeiro de novembro, também no sábado e domingo.

Quais as funções do fiscal do Enem e quanto cada um recebe?

Muitos costumam generalizar e classificar apenas de “fiscal do Enem” a função dos colaboradores que trabalham nos dias de prova. No geral, o objetivo de cada uma das funções é cooperar para a organização e segurança do ambiente de aplicação do Exame, entretanto, os cargos são vários e suas classificações são as seguintes: chefes de sala, aplicadores, fiscais de sala, volantes (fiscais de corredor), fiscais de banheiro, porteiros, auxiliares de limpeza, seguranças, ledores, intérpretes de línguas, leitores, enfermeiros e médicos.

Nas últimas edições, a remuneração oferecida aos chefes de sala foi de R$ 220,00. Os aplicadores, por sua vez, receberam o equivalente a R$ 165,00. O mesmo valor foi pago aos fiscais. Quem trabalhou nos serviços de apoio recebeu cerca de R$ 140,00. As remunerações correspondem a dois dias de serviços prestados e a expectativa é de que os valores não sejam muito diferentes na edição deste ano.

Como é feito o pagamento dos fiscais do Enem?

Os colaboradores que cumprem corretamente com todos os seus deveres nos dois dias de prova recebem o valor de forma integral, geralmente no mês seguinte à data de aplicação do Enem. O pagamento é realizado por duas maneiras exclusivas: via depósito bancário ou por meio de ordem de pagamento.

O depósito bancário é feito àqueles que informam à organização se número de conta. Por sua vez, a ordem de pagamento é liberada por meio da apresentação do CPF pelos próprios fiscais. Ambas as transações são realizadas exclusivamente em agências do Banco do Brasil (BB).

Continue visitando nosso site e leia outros artigos que já publicamos para ficar por dentro das novidades do Exame Nacional do Ensino Médio. A expectativa é de que o Inep divulgue o edital do Enem na primeira quinzena de maio. No documento serão abordadas todas as informações oficiais relacionadas às provas.

Curta e compartilhe a página do Enem no facebook para se manter atualizado!