Cronograma e Datas do Enem 2017

Quais as principais datas do Enem 2017? Veja aqui o cronograma completo! Estamos cada vez mais próximos da data das provas do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. Nos dias 05 e 12 de novembro, mais de 6 milhões de estudantes brasileiros farão as provas em milhares de municípios espelhados por todo o país. Os gabaritos oficiais serão divulgados ainda em novembro e os resultados individuais ficarão disponíveis a partir de janeiro.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) realizou no início do ano, junto do MEC (Ministério da Educação), uma consulta pública a respeito dos principais aspectos do Enem 2017. Dentre as mais relevantes mudanças, está a alteração no formato de aplicação das provas, que deixa de ser em apenas um final de semana e passa, a partir deste ano, a acontecer em dois domingos consecutivos.

Provas do Enem 2017 serão aplicadas nos dias 05 e 12 de novembro: Veja o horário de abertura dos portões

A escolha foi por aplicar as provas do Enem 2017 nos dois primeiros domingos do mês de novembro, dias 05 e 12, respectivamente. A partir de agora, os candidatos sabatistas, que guardam o sábado por convicção religiosa, não serão mais prejudicados. Antes, eles tinham que se apresentar no mesmo horário dos demais estudantes, se isolar em uma sala apropriada e esperar o sol se pôr para começar as provas do primeiro dia.

Conforme estabelece o edital, os portões de cada local de prova do Enem 2017 serão abertos ao meio dia e assim permanecerão até às 13h. As provas, por sua vez, terão início às 13h30min. Lembrando sempre que será levando em conta o horário oficial de Brasília/DF.

Datas do Enem 2017

Estudantes que moram nas regiões com diferença no fuso-horário, como Norte e Centro-Oeste, precisam ficar atentos à diferença das horas, pois haverá antecipação se for levado em conta o horário local.

Qual o tempo de duração das provas do Enem 2017?

No primeiro domingo (05), as provas terão cinco horas e meia de duração terminando, portanto, às 19h. Na ocasião, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e redação do Enem 2017.

No segundo domingo (12), a duração será de quatro horas e meia encerrando, portanto, às 18h. Na ocasião, por sua vez, serão aplicadas as provas de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Quando será divulgado o gabarito oficial do Enem 2017?

O Inep já informou em edital que o gabarito do Enem 2017 será divulgado até o dia 15 de novembro, quarta-feira seguinte à aplicação das provas do último domingo, quando serão completados três dias úteis após o encerramento do Exame.

Entretanto, quem quiser conferir as respostas logo após sair dos locais de prova, poderá acessar o nosso site antes mesmo de chegar em casa, pelo próprio celular, para visualizar o gabarito extraoficial do Enem 2017 que divulgaremos nos dois domingos.

As questões das provas serão resolvidas por professores das melhores redes de ensino do país, especialistas em cada área de conhecimento do Exame. Por isso, divulgaremos em primeira mão as respostas de todas as cores dos cadernos de questões de ambos os domingos.

Expectativa é de que o resultado do Enem 2017 seja divulgado no dia 19 de janeiro: veja onde e como consultar

Assim quando anunciou as mudanças do Enem 2017, antes mesmo de publicar o edital desta edição, o MEC fez a previsão de que o Inep divulgará o resultado individual do Enem 2017 até o dia 19 de janeiro do próximo ano, numa sexta-feira.

Portanto, a expectativa é de que a data seja realmente mantida, visto que as notas do Enem 2017 servirão como base dos processos seletivos que terão suas inscrições abertas ainda em janeiro: Sisu, ProUni, Fies e Pronatec.

Para consultar o resultado do Enem 2017, o estudante deverá acessar a página do participante no portal do Inep, no endereço http://enem.inep.gov.br/participante/, tendo em mãos os números do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha.

Quem não se lembrar poderá recuperar a senha do Enem 2017 com facilidade, clicando em links de apoio disponíveis na própria página.

Continue visitando nosso site e curta a página do Enem 2017 no facebook para ficar por dentro de todos os detalhes do Exame!

Consultar Local de Provas do Enem 2017

Veja aqui como consultar o local de provas do Enem 2017! Nos dias 05 e 12 de novembro, milhões de estudantes brasileiros participarão das provas do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. A expectativa é de que mais de 6 milhões de participantes tenham suas inscrições confirmadas. A consulta aos locais de prova será liberada em breve e deverá ser feita via internet.

O período de inscrição do Enem 2017 se encerrou no dia 19 de maio. Desde então, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) vem trabalhando com a análise das informações prestadas pelos candidatos, com a averiguação de quem pagou a taxa de inscrição dentro do prazo (em caso de não isentos) e com a locação dos participantes em seus devidos locais de prova.

Quando será divulgado o cartão de inscrição com o local de prova do Enem 2017?

Dentro de aproximadamente um mês, o Inep disponibilizará o cartão de confirmação de inscrição do Enem 2017 a todos os estudantes que estarão aptos a participar das provas deste ano.

Consultar Local de Provas do Enem 2017

No documento, além do endereço completo do local de prova do Enem 2017, estarão importantes informações a respeito do candidato: nome completo, números dos documentos pessoais (identidade e CPF – Cadastro de Pessoa Física), opção para a prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol), eventuais necessidades de atendimentos especiais e/ou diferenciados (se for o caso).

Apesar de conter todas essas informações, o cartão de confirmação de inscrição não será um documento exigido em nenhum dos dias de prova. Os estudantes, por sua vez, serão obrigados a apresentar apenas um documento original de identificação com foto: carteira de identidade (RG – Registro Geral), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), passaporte, carteira de trabalho e documento militar.

Como consultar o local de prova do Enem 2017?

Assim que o Inep liberar a consulta ao cartão de confirmação de inscrição com o local de provas do Enem 2017, divulgaremos a notícia aqui em nosso site. De antemão, podemos antecipar que o documento será disponibilizado apenas via internet, sem acontecer a entrega de uma versão impressa do mesmo nos endereços dos candidatos.

Uma das maneiras de acessar o local de prova do Enem 2017 é fazendo a consulta do cartão de inscrição através da página do participante, no portal do Inep, acessível no endereço http://enem.inep.gov.br/participante. Ao entrar no site, serão exigidos os números do CPF e a senha do Enem 2017, cadastrada durante as inscrições.

Outra forma de consultar o cartão de inscrição do Enem 2017 será através do aplicativo do Exame, disponível para qualquer tipo de smartphone ou tablet. Quem for acessar através do aplicativo, também deverá informar o CPF e a senha pessoal.

Ainda é possível alterar o local de prova do Enem 2017?

Como o intervalo de tempo entre as inscrições e a aplicação das provas é relativamente grande, muitos candidatos correm o risco de se mudar durante o período, ficando distante do município onde havia escolhido como o de local de prova.

Infelizmente não é mais permitido alterar o local de prova do Enem 2017. Conforme consta no edital do Exame, os estudantes têm o direito de mudar a cidade de provas apenas durante o período de inscrição, quantas vezes for necessário. No entanto, encerrado o mesmo, a ação deixa de ser permitida.

Durante este tempo que ainda resta até os dias de aplicação das provas, procure se manter focado nos estudos, resolvendo o máximo possível de simulado do Enem 2017 e treinando o desenvolvimento de redações de caráter dissertativo-argumentativo sobre os assuntos mais comentados no ano.

Conte com o apoio e a torcida da nossa equipe para mandar bem nas provas. Indicamos a apostila do Enem 2017 para quem deseja aproveitar esses últimos meses de estudo da melhor maneira possível, com acesso a todo o conteúdo das provas, simulados e preciosas dicas de como desenvolver uma redação nota mil.

Curta a página do Enem 2017 no facebook e acompanhe todas as nossas postagens!

10 Dicas para o Enem 2017

Neste artigo vamos apresentar 10 dicas para estudar para o Enem 2017. O Exame Nacional do Ensino Médio é o principal mecanismo para poder ingressar em uma universidade, veja o tamanho da sua importância. O exame é considerado o maior do Brasil e sendo o segundo do mundo.

Faltando pouco mais de 5 meses para as provas do Enem 2017, a boa notícia é que ainda dá tempo para estudar, mas é preciso muita disposição e compromisso com os estudos. Ter uma boa nota e ser selecionado para uma vaga numa universidade federal serão meras consequências.

Além da dedicação e compromisso o estudante precisa de um bom material de estudos, fazer simulados, acompanhar informações sobre o exame, fazer provas de edições anteriores e principalmente acompanhar as notícias que mais repercutem no Brasil.

Dicas para estudar para o Enem 2017

As provas do Enem 2017 serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro. Este ano será mais concorrido, pois o exame será aplicado em dois domingos, ou seja, os participantes possuem mais tempo para descanso e revisão.

Enem 2017 Passo a Passo

10 dicas de estudos para o Enem:

  1. A primeira coisa que o estudante precisa é de um material de estudos. Sendo assim, indicamos um dos principais responsáveis por conquistas de vagas através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada); bolsas pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) e financiamento do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), a apostila digital do Enem (clique e conheça);
  2. A segunda dica é saber dividir (dosar) o tempo disponível de estudos entre Ciências da Natureza e suas tecnologias; Ciências Humanas e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias; Linguagens, códigos e suas tecnologias e a redação;
  3. Além disto o estudante precisa treinar a fluência na leitura. O único item necessário para esta dica é um simples livro. Esta indicação é de extrema importância pois, efetuando leitura frequentemente, o estudante amplia a competência na leitura e já fica preparado para o exame;
  4. Resolver simulados ajuda a mente a focar naquilo que é mais necessário para a hora das provas. Portanto é importante que faça simulados durante os estudos, assim o estudante direciona o foco e já passa a saber qual é a matéria que precisa revisar um pouco mais;
  5. Escrever textos argumentativos-dissertativos frequentemente. A redação é uma das principais notas do Enem, podendo chegar de 0 a 1000 pontos. O Inep normalmente opta por temas que mais repercutem no Brasil como crise política, suicídio na adolescência e outros mais;
  6. Dividir o dia de estudos para mais matérias. Não é indicado que o estudante tire um dia inteiro para poder estudar somente português, por exemplo. É importante variar;
  7. Faça intervalos. Estudar frequentemente também não faz bem para a memória, pois trabalhar rigorosamente pode acabar prejudicando em vez de ajudar;
  8. Dormir pelo menos 8 horas por dia. O sono é responsável pela saúde do estudante, portanto monte o cronograma de estudo e calcule a sua hora correta de dormir;
  9. Evitar estudar na véspera da prova. Tirar o dia para descanso é importante para acalmar os ânimos e deixar a memória descansar, pois assim ficará preparada para uma extensa prova;
  10. Revisar durante a semana as principais dúvidas para o segundo dia de provas que tem a temida Matemática.

Período de prova do Enem 2017

Como já foi informado, as provas serão aplicadas dia 5 e 12 de novembro. O primeiro dia terá questões de múltipla escolha relacionadas a Linguagens, códigos e suas tecnologias; Ciências Humanas e a redação. Já o segundo domingo terá Matemática e Ciências da Natureza.

Por causa da redação o estudante possui 5h30min de prova para o primeiro dia e 4h30min no segundo. É importante que reserve 30 minutos para preencher o gabarito do Enem 2017. Os portões serão abertos às 12h00min e fechado às 13h00min horário de Brasília. É indicado chegar 1 hora antes ao local de provas para reconhecimento ou mesmo vá até a instituição antes do dia da prova para decorar o caminho e memorizar o melhor trajeto.

Para mais informações sobre o exame, curta e compartilhe a página do Facebook Enem 2017. Boa sorte!

Resultado do Enem 2017 será divulgado em Janeiro

MEC já fez previsão para a data de divulgação do resultado do Enem 2017! O Ministério da Educação (MEC) informou a data prevista para a divulgação do resultado individual do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. A expectativa é da organização é de que as notas sejam publicadas no dia 19 de janeiro, uma sexta-feira.

As provas do Enem 2017 serão aplicadas nos dias 05 e 12 de novembro, em dois domingos consecutivos. Ao todo, mais de 6 milhões de estudantes tiveram suas inscrições efetivadas entre os dias 08 e 19 de maio.

Como consultar o resultado do Enem 2017?

Para consultar as notas do Enem 2017, o participante deverá acessar a página oficial do Exame, no portal do MEC, disponível no endereço http://enem.inep.gov.br/participante.

Ao entrar na página do participante, o candidato precisa informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e a senha do Enem 2017. Quem não se lembrar mais da senha, poderá efetuar a recuperação clicando em “Esqueci minha senha”.

Para recuperar senha do Enem 2017, o sistema requisitará o CPF do participante, número de telefone e endereço de e-mail. Quem tiver trocado as informações deverá atualizá-las, visto que a nova senha provisória será enviada para uma delas, que deverá ser escolhida pelo próprio candidato.

Resultado do Enem 2017 será divulgado em Janeiro

O resultado do Enem 2017 será apresentado em áreas de conhecimento. Assim, além da nota na redação, os candidatos verão seus respectivos aproveitamentos em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Como utilizar as notas do Enem 2017 para entrar numa faculdade?

O principal objetivo de todos os estudantes que vão participar das provas do Enem 2017 é conquistar a tão sonhada vaga em um curso superior, seja em instituições públicas ou privadas.

Através do Sisu 2018 (Sistema de Seleção Unificada), universidades e institutos federais e estaduais disponibilizarão vagas em seus cursos superiores a estudantes que participarem das provas do Enem 2017.

As vagas em faculdades particulares poderão ser preenchidas através do ProUni 2018 (Programa Universidade para Todos), que oferecerá bolsas de estudo, integrais (100%) e parciais (50%), a estudantes que tirarem nota média maior do que 450 pontos e alcançarem aproveitamento superior a zero na prova de redação do Enem 2017.

Um outro benefício oferecido a estudantes que participarem das provas do Enem 2017 será oferecido pelo Fies 2018 (Fundo de Financiamento Estudantil). Através do programa, serão disponibilizados financiamentos de cursos em faculdades particulares de todo o Brasil.

O resultado do Enem 2017 também poderá ser utilizado nos processos seletivos do segundo semestre de 2018?

Para todos os três programas citados acima, as notas do Enem 2017 continuarão servindo como principal critério em seus processos de seleção.

Mesmo quem participar dos processos seletivos do primeiro semestre, mesmo tendo conquistado alguma vaga, poderá concorrer novamente na segunda metade do ano, desde que abra mão da conquista.

Em nenhum dos programas que utilizam o Exame Nacional do Ensino Médio em suas seleções será cobrada taxa de inscrição.

As inscrições para todos os processos seletivos serão realizadas exclusivamente via internet, na página oficial de cada programa, disponíveis no portal do MEC. Os editais serão divulgados nas primeiras semanas do ano.

Para mandar bem nas provas e ser aprovado em qualquer um dos processos de seleção, é necessário ter dedicação e um bom material de estudos.

Um dos melhores materiais de apoio disponíveis no país é a apostila digital do Enem 2017 (clique para conhecer), que já ajudou milhares de estudantes a conquistarem a tão sonhada vaga em um curso superior.

A apostila aborda todo o conteúdo programático das provas de maneira simples e direta, além de contar em preciosas dicas de como fazer uma redação nota mil no Enem 2017 e disponibilizar as questões com respostas de todas as edições do Exame. Adquira o quanto antes a sua e saia na frente da concorrência!

Não se esqueça de curtir a página do Enem 2017 no facebook para acompanhar todas as novidades.

Principais Mudanças do Enem 2017

Edição do Enem 2017 será marcada por importantes mudanças! O Ministério da Educação (MEC) e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) implantaram consideráveis mudanças nesta edição do Exame Nacional do Ensino Médio. A aplicação das provas em dois domingos e o novo valor da taxa de inscrição são os fatores que mais repercutem entre os estudantes.

Com a mudança na presidência da república e as inevitáveis trocas de comando no MEC e Inep, as alterações no Enem 2017 deixaram de ser apenas especulações e se tornaram reais.

MEC realizou consulta pública sobre o Enem 2017 no início do ano

Entre os dias 18 de janeiro e 17 de fevereiro, o Ministério da Educação abriu uma consulta pública em seu site oficial para recolher as opiniões da população estudantil a respeito da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio.

Mais de 600 mil pessoas participaram da consulta, que levantou aspectos como a aplicação de provas virtuais, por exemplo, rejeitado por 70,10% dos participantes.

Provas do Enem 2017 não serão aplicadas aos sábados

Edital, Mudanças e Inscrições Enem 2017

A princípio, a mudança que mais gerou repercussão entre os estudantes foi a alteração nos dias de aplicação das provas do Enem 2017. Mais de 63% das pessoas que participaram da consulta pública votaram que o Exame deveria continuar acontecendo em dois dias, sendo que a maior parte escolheu que as provas ocorressem em dois domingos consecutivos.

Assim, o MEC acatou a escolha da maioria e definiu a data das provas do Enem 2017 para os dias 05 e 12 de novembro.

Provas de Linguagens e Matemática serão em dias diferentes: redação do Enem 2017 será aplicada no primeiro domingo

Outra mudança importante relacionada à aplicação das provas foi a alteração no agrupamento das áreas de conhecimento em relação aos dias de realização do Exame.

No primeiro domingo (05) serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e redação do Enem 2017.

No segundo domingo (12) haverá a aplicação das provas de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Cada área de conhecimento continua com 45 questões de múltipla escolha. No primeiro domingo, os estudantes terão 05h30min para entregar a prova. No segundo domingo, a duração será de 04h30min.

Os portões serão abertos ao meio dia e fechados às 13h, pontualmente. As provas terão início às 13h30min, seguindo o horário oficial de Brasília/DF.

Cadernos de prova do Enem 2017 serão personalizados com nomes dos participantes

Uma importante ação que será implantada a partir deste ano é a impressão dos nomes dos estudantes nos cadernos de prova, que também terão os números de inscrição de cada participante.

Tal medida aumenta a segurança na aplicação do Exame, visto que torna mais fácil descobrir e localizar eventuais furtos de cadernos de questões, por exemplo.

Certificação do ensino médio e notas por escola deixam de existir

Neste ano, não será mais possível obter o certificado de conclusão do ensino médio com a nota do Enem 2017. A partir de agora, a certificação poderá ser obtida através do Encceja (Exame Nacional de Certificação De Competências de Jovens e Adultos).

O Inep anunciou que não irá mais divulgar o resultado do Enem 2017 por escolas, alegando que não é uma atribuição do Exame fazer um ranking das instituições de ensino do país.

Ambas as alterações contribuem para reduzir gastos na aplicação das provas. Entretanto, mesmo com as mudanças, o valor da taxa de inscrição do Enem 2017 sofreu um grande reajuste e foi estipulado em R$ 82,00.

Isenção no Enem 2017 também será concedida a estudantes que fazem parte do CadÚnico

Estudantes membros de famílias de baixa renda que possuem cadastro no CadÚnico do Governo Federal podem pedir isenção no Enem 2017 informando o NIS (Número de Inscrição Social) no ato da inscrição.

Quem não for cadastrado no CadÚnico, mas não possuir condições de pagar a taxa, poderá declarar carência no Enem 2017, preenchendo o formulário socioeconômico ao se inscrever.

Receberão isenção automática da taxa de inscrição todos os estudantes que estão concluindo o ensino médio em escolas da rede pública.

O site oficial para acompanhamento de inscrição para o Enem 2017 é o http://enem.inep.gov.br/participante. A página ficará aberta até as datas da prova em dezembro.

Curta o Enem 2017 no facebook e compartilhe todas as notícias com seus amigos!

Inscrições do Enem 2017 chegam a 1 milhão de estudantes

Mais de 1 milhão de estudantes já fizeram inscrição para o Enem 2017! De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), mais de 1 milhão de estudantes já realizaram suas inscrições do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio.

O período de inscrição do Enem 2017 foi aberto na manhã dessa segunda-feira, dia 08. Nas primeiras horas, apesar de muitos estudantes terem se queixado de lentidão no site, aproximadamente 500 mil pessoas conseguiram se inscrever. Agora, o número já foi dobrado.

Período de inscrição do Enem 2017 seguirá aberto até o próximo dia 19

Os estudantes que ainda não se inscreveram terão até às 23h59min do próximo dia 19, sexta-feira, para fazer inscrição no Enem 2017. Lembrando que é levado em conta o horário oficial de Brasília/DF.

A expectativa do MEC (Ministério da Educação) é de que aproximadamente 8 milhões de candidatos se inscrevam para as provas do Enem 2017, que serão aplicadas nas tardes dos dois primeiros domingos de novembro, nos dias 05 e 12.

Inscrições do Enem 2017 chegam a 1 milhão de estudantes

Na edição de 2016, um pouco mais de 9,2 milhões de pessoas se inscreveram para as provas, no entanto, 8,6 milhões de inscrições foram confirmadas.

Como se inscrever no Enem 2017? Em qual site são feitas as inscrições?

Para se inscrever no Enem 2017, o estudante precisa acessar a página do participante no portal do Inep, acessível no endereço http://enem.inep.gov.br/participante.

No primeiro acesso, o sistema exige que o candidato informe os números dos seus documentos pessoais: CPF (Cadastro de Pessoa Física) e carteira de identidade (RG – Registro Geral).

Ao preencher a inscrição do Enem 2017, o candidato precisa informar um endereço de e-mail individual e válido, bem como um número de telefone celular pessoal.

Cada participante tem a obrigação de cadastrar uma senha do Enem 2017 e mantê-la guardada sob sigilo, visto que é necessária em todos os acessos ao site oficial.

Durante o preenchimento das inscrições, é obrigação do participante escolher o município do local de provas do Enem 2017 e a opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol) para as questões de Linguagens.

Além disso, também é necessário indicar a eventual necessidade de atendimento diferenciado nos dias de prova, solicitando tempo adicional para a resolução das provas, caso seja necessário.

Como imprimir o boleto do Enem 2017? Qual a data de vencimento e onde pagar o boleto?

Antes de terminar a inscrição, o estudante precisa gerar a GRU do Enem 2017, que nada mais é a Guia de Recolhimento da União, também chamada de boleto, com o valor da taxa de inscrição (R$ 82,00).

O boleto do Enem 2017 tem data de vencimento programada para o dia 24 de maio, uma quarta-feira. Quem não efetuar o pagamento dentro da data prevista será automaticamente desclassificado do Exame.

O boleto poderá ser pago em qualquer agência bancária, em casas lotéricas ou em qualquer agência dos correios, obedecendo as regras próprias de cada um desses agentes financeiros.

Quem pode pedir isenção no Enem 2017? Como declarar carência?

Estudantes de baixa renda que não possuem condições de quitar o valor estabelecido pela organização, poderão declarar carência no Enem 2017, preenchendo formulário próprio no ato da inscrição, solicitando a isenção do pagamento da taxa.

Membros de famílias carentes, cadastradas no CadÚnico do Governo Federal, poderão pedir isenção no Enem 2017 informando apenas o Número de Identificação Social (NIS) ao se inscrever.

Lembrando que todos os estudantes que estão concluindo o ensino médio em escolas da rede pública já recebem isenção automática no Exame, desde que preencham as inscrições de maneira correta.

Para saber tudo o que precisa a respeito do Exame Nacional do Ensino Médio, leia outros artigos que já publicamos em nosso site, continue nos visitando e curta a página do Enem 2017 no facebook. Faremos de tudo para lhe manter sempre bem informado!

Reforma do Ensino Médio e o Enem 2017

O que pode mudar no Enem 2017 com a reforma do ensino médio? Sancionada nesta quinta-feira (16) pelo presidente da República, Michel Temer, a reforma do ensino médio é um tema que gera muitas dúvidas para os estudantes que pretendem participar das provas do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. Sabendo disso, dedicaremos este artigo exclusivamente ao tema, com o objetivo de esclarecer os principais pontos e a relação da reforma com o Exame. A princípio, adiantamos que o MEC garantiu mudanças apenas a partir de 2019.

Como muitos se lembram, no ano passado, estudantes de todo o país se mobilizaram contra a Medida Provisória (MP 746), que estabelecia as mudanças no ensino médio, e contra a PEC 241 (Proposta de Emenda à Constituição), que estabelecia um teto para os gastos públicos. Os protestos, inclusive, afetaram o Enem 2016, que foi aplicado em data posterior a cerca de 271 mil estudantes.

Por que os estudantes protestaram contra a reforma do ensino médio?

Antes de falar da relação da reforma do ensino médio com o Enem 2017, é importante enumerar os motivos pelos quais os estudantes protestaram no fim do ano passado.

A Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que organiza a educação no Brasil, estabelece que as disciplinas de Português, Matemática, Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia são obrigatórias nos três anos do ensino médio escolar.

No entanto, na elaboração da MP 746, foram retiradas as obrigatoriedades de Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia. Daí o principal motivo dos protestos, que temiam uma mudança drástica com um corte tão radical na estrutura do nível médio.

Os protestos geraram resultado? O que estabelece a reforma do ensino médio?

Reforma do Ensino Médio e o Enem 2017

Em linhas gerais, podemos dizer que os protestos valeram a pena. Isso porque, foi reescrito o trecho que obriga a oferta das disciplinas de Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia, além de Português e Matemática.

Assim, será criada uma Base Nacional Curricular Comum (BNCC), já em debate, que determinará qual será o conteúdo mínimo obrigatório do ensino médio, já garantidas as disciplinas citadas. Tal conteúdo mínimo representará 60% do total. Os outros 40% serão escolhidos pelas escolas, que serão obrigadas a oferecer aos estudantes ao menos um dos cinco itinerários informativos, conforme a seguir:

  • Linguagens e suas Tecnologia;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e sociais aplicadas;
  • Formação Técnica e profissional.

Outra medida da reforma será a ampliação da carga horária, visando cumprir uma das metas do Plano Nacional da Educação (PNE), que prevê, até o ano de 2024, que 50% das escolas e 25% das matrículas nos níveis básicos de ensino (infantil, fundamental e médio) contem com período integral de curso.

Assim, no que diz respeito apenas ao nível médio, a reforma estabelece uma ampliação progressiva da carga horária, até atingir 1,4 mil horas por ano. Como meta intermediária, para um prazo máximo de 05 anos, todas as escolas deverão ter carga horária anual de pelo menos mil horas. Hoje em dia, o tempo é de 800 horas.

Quais os impactos da reforma do ensino médio no Enem 2017?

A princípio, todos os estudantes que vão fazer as provas no fim do ano podem ficar tranquilos, pois não ocorrerá nenhuma mudança repentina na estrutura do Exame, pelo menos nos próximos dois anos, conforme garantiu o ministro da Educação no Brasil, Mendonça Filho.

Segundo o ministro, é “evidente que o Enem tem de se adequar a essa nova realidade, mas quero tranquilizar os estudantes que estão se preparando para as provas do Enem 2017 e também 2018 que nenhuma mudança ocorrerá, do ponto de vista de conteúdo, de forma repentina”.

De acordo com Mendonça Filho, o Enem sofrerá algumas mudanças a partir da edição de 2019, visando a integração das provas, consideradas por ele como “o reflexo da aprendizagem do aluno ao longo do ensino médio”.

Portanto, não perca tempo para começar a se preparar. As provas devem ser aplicadas no fim de outubro ou início de novembro. Enquanto isso, se prepare da melhor maneira possível, com o auxílio da apostila do Enem 2017 (clique e conheça). O produto é completo e seus resultados são extremamente eficientes.

Mantenha o foco e continue acompanhando as notícias a respeito do Exame, visitando sempre nosso site e curtindo a página do Enem 2017 no facebook. Conte com nosso apoio e boa sorte!

Dúvidas? Deixe um comentário logo abaixo.

Local de Prova Enem 2017: Como Consultar

Cartão de confirmação e local de prova Enem 2017: O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) já está trabalhando, junto do MEC (Ministério da Educação), na organização das provas do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. Nos próximos meses será divulgado o edital com todas as regras, direitos e deveres de cada participante. Uma das obrigações dos candidatos é a escolha do local de provas, feita no ato da inscrição.

A expectativa é de que o Inep divulgue o edital do Enem 2017 em meados do mês de abril, no Diário Oficial da União (DOU). Assim que o documento for publicado, divulgaremos a notícia em nossa página, disponibilizando um link de acesso ao material.

Inscrições do Enem 2017 devem acontecer em maio: estudantes têm a obrigação de escolher o local de provas

Com a publicação do edital acontecendo em abril, o período de inscrições do Enem 2017 deve acontecer no mês seguinte, com duração aproximada de duas semanas. As prováveis datas de início são 08 ou 15 de maio, segundas-feiras. Por consequência, os términos devem acontecer nos dias 19 ou 26, em uma das sextas-feiras.

Para se inscrever no Enem 2017, o candidato deve acessar a página oficial http://enem.inep.gov.br/participante, tendo em mãos seus documentos pessoais: CPF (Cadastro de Pessoa Física) e RG (Registro Geral – carteira de identidade).

Local Prova Enem 2017

É durante a inscrição que o participante precisa escolher o município para o seu local de prova do Enem 2017. No ato, o sistema oferece uma lista com as cidades escolhidas para receber o Exame. Para fazer a busca pelo local preferido, o candidato pode digitar o nome do próprio município ou do Estado.

O MEC seleciona cidades estratégicas nas microrregiões de cada Estado, levando em conta a capacidade do município em receber determinado número de participantes nos dias de aplicação das provas.

Na edição de 2016, por exemplo, o Exame foi aplicado em 1.727 municípios de todo o país. Ao todo, cerca de 600 mil pessoas estavam trabalhando na aplicação das provas, segundo informações do Inep. Para este ano, a expectativa é de que o número seja pelo menos mantido.

Quando os participantes terão acesso ao endereço e nome da instituição do local de provas do Enem 2017?

Local de Provas do Enem 2017

Após realizar a inscrição devidamente, obedecendo todas as exigências previstas em edital, o candidato terá acesso ao cartão de confirmação de inscrição do Enem 2017. A expectativa é de que este documento seja disponibilizado no mês anterior às provas, que devem acontecer entre o final de outubro e início de novembro.

Para acessar o cartão de inscrição do Enem 2017, o candidato precisa acessar a página do participante, no portal do Inep, no mesmo endereço onde realizou sua inscrição.

O cartão contém o endereço completo com o nome da instituição de ensino onde o estudante realizará a prova, dentro do município escolhido por ele próprio no ato de sua inscrição.

Além do local de prova, o cartão também possui: nome completo; número de inscrição; hora e data do Enem 2017; indicação de atendimento diferenciado e/ou específico (se for o caso); e opção de língua estrangeira escolhida pelo participante (inglês ou espanhol).

Cartão de confirmação de inscrição Enem 2017 não precisa ser apresentado nos dias de prova

Muitos pensam que sim, mas a apresentação do cartão de inscrição não é obrigatória em nenhum dos dias de prova. O documento serve apenas como orientação ao candidato.

O estudante, por sua vez, é obrigado a apresentar um documento original de identificação com foto. São aceitos: CNH (Carteira Nacional de Habilitação), RG, Passaporte, Carteira de Trabalho (emitida após 27 de janeiro de 1997), Certificado de Dispensa de Incorporação; e Certificado de Reservista.

Local Prova Enem

Apostila Enem 2017: prepare-se com o melhor material de estudos disponível!

Quer sair na frente da concorrência? Então adquira o quanto antes a sua apostila do Enem 2017 (clique e conheça), um material de excelência preparado especialmente para quem sonha em realizar o sonho de entrar para uma faculdade.

A apostila aborda todo o conteúdo do Enem 2017 de maneira simples e direta, com questões resolvidas de cada matéria e perguntas e gabaritos oficiais de todas as edições do Exame. Além disso, existe um módulo exclusivo com dias e modelos de redação. A entrega do produto é feita de maneira totalmente segura e eficiente, em qualquer lugar do país.

Curta a página do Enem 2017 no facebook e acompanhe todas as nossas publicações. Alguma dúvida? Deixe seu comentário e conte com nosso apoio!

Como fazer sua Inscrição Enem 2017

Inscrição Enem 2017 como fazer? No fim deste ano teremos mais uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A expectativa é de que O edital será publicado em abril. Com isso, as inscrições devem vão acontecer em maio entre os dias 08/05/2017 e 19/05/2017. O cronograma será semelhante aos das últimas edições, porém as provas deste ano serão aplicadas nos dias 05/11/2017 e 12/11/2017, pela primeira vez em dois domingos.

Onde são feitas as inscrições do Enem 2017?

As inscrições do Enem 2017 deverão ser feitas exclusivamente via internet, por meio da página do participante no portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), acessível no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/participante.

O Inep, autarquia ligada ao MEC (Ministério da Educação) responsável por organizar o Enem, alerta que nenhum outro meio senão o seu site é reconhecido como oficial para a realização das inscrições dos estudantes.

Como fazer inscrição no Enem 2017? Quais os documentos são exigidos?

Antes mesmo de acessar a página do participante, é interessante que o candidato já separe seus documentos para inscrição no Enem 2017: CPF (Cadastro de Pessoa Física) e carteira de identidade (RG – Registro Geral). Desta maneira, quem ainda não possui algum dos documentos pessoais precisa procurar um órgão responsável mais próximo para providenciar a emissão antes da abertura das inscrições.

Além dos números do CPF e documento de identidade, o sistema também exige outras informações pessoais. Duas delas são importantes no que diz respeito à comunicação entre a organização e o participante: endereço de e-mail e número de telefone celular. Assim, é importante que ambos os dados sejam pessoais e atuais.

Também é necessário que, no ato da inscrição, o estudante informe dados sobre o seu conjunto familiar (membros, renda, etc.) e sobre sua situação escolar.

Como solicitar atendimento diferenciado no Enem 2017?

Inscrição Enem 2017

Todos os estudantes que necessitarem de atendimento diferenciado e/ou específico nos dias de prova devem, no ato da inscrição na própria página do participante, informar qual a necessidade pessoal.

O artifício se aplica a estudantes sabatistas, que guardam o sábado por convicção religiosa, além de participantes com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia, gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar, ou com outra condição especial.

Como declarar carência no Enem 2017 e pedir isenção da taxa de inscrição?

A expectativa é de que o Inep mantenha a taxa de inscrição do Enem 2017 no mesmo valor da edição anterior. Caso isso se confirme, os participantes deverão gerar a Guia de Recolhimento da União – GRU (boleto bancário) equivalente a R$ 68,00, no ato da inscrição. O pagamento deverá ser efetuado dentro da data estabelecida, sob pena de desclassificação.

Estudantes que estão concluindo o ensino médio em escolas da rede pública são automaticamente isentos do pagamento. Desta maneira, neste caso, nem precisam gerar boleto do Enem 2017, pois recebem isenção automática.

Por sua vez, estudantes de baixa renda que não possuem condições financeiras para cobrir o valor podem, durante a própria inscrição, preencher um formulário socioeconômico a fim de declarar carência. Com o preenchimento correto, a organização avalia o pedido antes de liberar a isenção da taxa de inscrição do Enem 2017, se reservando no direito de solicitar qualquer documento que comprove as informações prestadas.

Novidades no Enem 2017

Fiscal do Enem 2017

Com a troca de presidente da República e consequente mudança nos ministérios, como no próprio MEC, esperam-se que algumas mudanças ocorram neste ano.

A primeira delas, conforme já foi informado pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, é que o Enem não servirá como certificação do ensino médio. Tal atribuição será exclusiva do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).

Assim que o edital do Enem 2017 for divulgado pelo Inep, publicaremos a notícia aqui em nosso site, disponibilizando um link de acesso ao documento oficial e confirmando todas as regras e datas da próxima edição. Continue nos visitando e curta a página do Enem 2017 no facebook para se manter por dentro de todas as novidades!

Fim do Enem? O Exame vai acabar?

Enem 2017: Fim do Enem? O Enem vai acabar? Não. Não existem indícios de que o principal teste de conhecimentos do país vai acabar. A pergunta tem sim feita por pais, estudantes e professores em todo o Brasil, isto porque no dia 23 de setembro foi publicado no Diário Oficial da União o texto da Medida Provisória 746 que propõe a reforma do atual modelo do ensino médio oferecido pelas escolas da rede pública e privada do país.

O Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, foi instituído pelo Governo Federal com o objetivo principal de coletar dados para avaliar o nível do ensino oferecido pelas escolas da rede pública para os alunos do ensino médio (na época conhecido como curso do 2º Grau). Porém pensando em promover e facilitar o acesso ao ensino superior o Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação – MEC, criou programas como o SISU – Sistema de Seleção Unificada, ProUni – Programa Universidade para Todos e o Fies – Fundo de Financiamento Estudantil. Com isso, o Enem passou a ser cada vez mais procurado por estudantes e também por quem já concluiu o ensino médio, como opção de ingresso ao ensino superior.

O atual formato do Enem engloba todas as matérias que o estudante aprende durante o ensino médio, dividias por temas em provas de conhecimentos (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Códigos e Matemática) e uma prova de Redação. Uma reforma no ensino médio afetará diretamente o atual modelo do Enem. Porém não se pode afirmar que isso causará o fim de uma iniciativa tão bem sucedida. Aliás, em momento algum o MEC demonstrou sinais de que o Enem vai acabar.

Entenda como a proposta do ensino médio pode afetar o Enem

VAI ACABAR FIM DO ENEM

O texto da Reforma do Ensino Médio propõe que a atual grade curricular obrigatória do curso que atualmente é composta por 13 disciplinas seja drasticamente reduzida. Seriam obrigatórias apenas as matérias de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Formação Técnica Profissional. Vale lembrar que está grade curricular seria obrigatória apenas na primeira metade do curso, já na segunda metade o estudante teria a liberdade de escolher quais as matérias deveria estudar para concluir o ensino médio. A reforma assemelha-se com o modelo de ensino oferecido na Inglaterra.

A diminuição das matérias da grade curricular obrigatória e a possibilidade de escolha do que estudar na metade final do ensino médio poderia afetar o Enem da seguinte forma: Todos em uma primeira etapa realizariam uma mesma prova com questões elaboradas com base na grade curricular proposta. Já a segunda etapa os estudantes realizariam uma prova especifica, com matérias ligadas diretamente a área profissional em que desejam atuar. Estudantes que pretendem cursar medicina, responderiam a uma prova com questões ligadas as matérias de ciências, matemática, biologia, química, etc.

Por enquanto são apenas hipóteses, o que não nos permite concluir que o Enem será extinto, já que após aprovação da proposta de Reforma do Ensino Médio, o texto deva ser amplamente discutido por professores e estudantes.

Enem 2017

A Reforma do Ensino Médio não afetará o atual modelo das provas do Enem. Ou seja, teremos um teste composto por quatro provas de conhecimentos e uma redação. O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, autarquia não governamental responsável por elaborar e aplicar as provas do Exame depende do que será aprovado na Base Nacional Comum Curricular, que será reavaliada em seminários estaduais e depois discutida pelo Conselho Nacional de Educação – CNE. Todo este processo deve terminar segundo expectativas apenas no final de 2017.

As inscrições para quem deseja participar do Enem 2017 devem ser abertas no primeiro no primeiro semestre do ano e poderão ser feitas apenas na internet através do endereço eletrônico http://enem.inep.gov/. As provas devem ser aplicadas entre os meses de setembro e outubro, com datas ainda a serem divulgadas no Edital do Exame.

O Enem vai continuar a existir, no entanto o seu formato deve ser alterado de acordo a Reforma do Ensino Médio. Estaremos atentos a todas as novidades que giram em torno do Enem 2017. Para saber mais acesse a página de notícias do Enem no Facebook, curta e compartilhe com os amigos.